Políticas de processamento de informações

De acordo com o disposto na alínea k) do artigo 17 e alínea f) do artigo 18 da Lei Orgânica 1581 de 2012, o artigo 13 do Decreto 1377 de 2013 e o artigo 11 do Decreto 886 de 2014, é obrigação dos responsáveis O responsável pelo tratamento de dados pessoais adota um manual interno de políticas e procedimentos para garantir a atenção das dúvidas e reclamações que seus usuários têm em relação ao tratamento que lhes é dado.

ARTIGO UM OBJETIVO E ESCOPO DE APLICAÇÃO: Este documento constitui as políticas de processamento de informações do HOTEL JAZZ APARTMENTS que, como responsável pelo tratamento de informações e dados pessoais , em coordenação com sua equipe de colaboradores, que são responsáveis ​​pelo tratamento de as informações e dados pessoais estão comprometidos com o cumprimento da lei e com a proteção de dados pessoais de seus hóspedes e contatos comerciais, que serão informados sobre o tratamento ao qual seus dados pessoais serão submetidos, levando em consideração os seguintes princípios que regem a administração de seus dados pessoais. as informações em nossa empresa.

ARTIGO SEGUNDO - PRINCÍPIOS DO TRATAMENTO: Os seguintes princípios são de estrito cumprimento para o responsável e os responsáveis ​​pelo tratamento de dados pessoais, a fim de proteger e assegurar a proteção efetiva dos dados coletados:

2.1. Fidelidade: Os dados recolhidos devem ser recolhidos por meios legítimos e convencionais e por nenhuma razão podem ser recolhidos por meios fraudulentos.

2.2. Objetivo: Os dados coletados serão usados ​​única e exclusivamente para os propósitos estabelecidos neste documento, e se for dado um propósito diferente, você deve previamente solicitar autorização do proprietário.

. 2.3. Validade: Os dados pessoais serão mantidos e atualizados, desde que sejam necessários para o cumprimento de sua finalidade, se não for necessário, seu registro será cancelado.

2.4. Armazenamento: Os dados coletados serão armazenados em um banco de dados digital gerenciado pelos responsáveis ​​pelo processamento de informações e dados pessoais.

2.5. Compilação: Somente os dados pessoais exigidos por lei e aqueles necessários para cumprir o propósito declarado serão coletados.

2.6. Informação: O proprietário será informado do tratamento, finalidade e coleta de suas informações no momento de fornecê-lo e será informado que com sua assinatura no cartão de registro sua autorização é concedida.

2.7. Consentimento: Uma vez que o cartão de registro é subscrito pelo proprietário, entende-se que ele autoriza sua coleta e tratamento, a menos que a exceção seja deixada.

2.8. Segurança e Confidencialidade: Os dados coletados serão armazenados no banco de dados sob rigorosas medidas de segurança e confidencialidade e não podem estar sujeitos a transação, venda ou dado um propósito diferente do indicado.

ARTIGO TRÊS - OBJETIVO: Os dados e informações fornecidos serão coletados em um sistema de informação organizado chamado PIPE DRIVE e todas as informações serão utilizadas para os seguintes propósitos: 3.1. Fins comerciais diretamente relacionados com a atividade de alojamento e serviços complementares.3.2. Planos de fidelização, marketing e vendas de futuros projetos da cadeia hoteleira.3.3. Oferta de planos de alojamento e serviços complementares.3.4. Envio de notícias e eventos da organização.3.5. Os demais se orientaram para o cumprimento dos fins comerciais e propósitos da empresa.

QUARTO ARTIGO - CONSENTIMENTO: O hotel assume que qualquer ação pela qual o proprietário da informação disponibilize suas informações e dados será a amostra de consentimento e aceitação desta política, estes atos poderão ocorrer: - No momento do registro no hotel- Com a realização de formulários e registros web - Com a assinatura de contratos de operação e locação - Com o uso ou a compra de qualquer um dos produtos ou serviços oferecidos.

ARTIGO CINCO - DIREITOS DO TITULAR DA INFORMAÇÃO: O titular dos dados pessoais tem os seguintes direitos:

a) Aceder, conhecer, retificar e actualizar os seus dados pessoais em frente ao HOTEL, na sua condição de responsável pelo tratamento.
b) Para receber informações do HOTEL, mediante solicitação, sobre o uso que foi dado aos seus dados pessoais.
c) comparecer perante as autoridades legalmente constituídas, especialmente perante a Superintendência da Indústria e Comércio, e apresentar queixas por infrações às disposições da regulamentação em vigor nos regulamentos aplicáveis, após o processamento da solicitação ou solicitação ao controlador.
d) Modificar e revogar a autorização e / ou solicitar a supressão dos dados quando no tratamento os princípios, direitos e garantias constitucionais e legais em vigor não forem respeitados.
e) Ter conhecimento e acesso gratuito aos seus dados pessoais que tenham sido sujeitos a tratamento. Consequentemente, o HOTEL garantirá o direito de consulta, proporcionando aos titulares, toda a informação contida no cadastro individual ou que esteja vinculada à identificação do proprietário.

ARTIGO SEXTO: ATUALIZAÇÃO OU MODIFICAÇÃO: Caso o proprietário da informação deseje, atualize, modifique ou remova as informações armazenadas no banco de dados, ele / ela pode informá-lo pelos mesmos meios pelos quais foi fornecido. Essa exclusão implica a eliminação total ou parcial das informações pessoais de acordo com a solicitação do proprietário nos registros, arquivos, bancos de dados ou tratamentos realizados pelo hotel, que se aplicam a partir de sua publicação e serão aplicáveis ​​a todas as informações. que seja fornecido por clientes, fornecedores, colaboradores, parentes e, em geral, qualquer pessoa que se manifeste com sua assinatura ou aceitação por qualquer meio, que autorize o processamento de seus dados pessoais para os fins aqui previstos.